janeiro 27, 2004

Tainandices

Comadre Tainá, companheirinha do meu kike predileto, já começou a mandar notícias do oriente. Make it Suntory time, garota.

Update: outros dois blogs que ando lendo na Estação Subsaariana são A Nova Corja (do meu vizinho Rodrigo Suruba Alvares, que, gentil, me presenteia com revistas Think Tank e faz empréstimos para chacoalhar os ácaros de minha coleção de formatinhos Marvel/DC dos anos 80) e Sanduíche de Anzóis (de Elrodris, o homem-escriba que, apesar dos indícios, não é Paulo Scott, o advogado skatista professor universitário que não se parece com nenhuma das três coisas, palmas infinitas).

janeiro 26, 2004

Grandes momentos do esporte

"Sim, over. Existe egg e existe over, assim como existe hen e chicken. É como a diferença entre palavras de origem saxônica, como pig, e normanda, como pork. Aquela coisa pós-1066, sabe? Os saxões criavam os porcos, as galinhas e o os ovos, e os normandos os comiam. Palavras diferentes. Hein? Over the rainbow? Claro, claro. Ovo de várias cores. Quer dizer ovo de páscoa. A música é sobre procurar ovos de páscoa".
(Momento etimológico, tentando se encaixar em uma mesa de bar depois de ter parado de beber).

"A coisa mais sublime da cena, e olhe que isso é difícil de escolher, é a posição em que cada um fica na cama. Ela está em posição fetal, ele está estendido. Um está se preparando para nascer, outro está ficando pronto para morrer. Entre eles só há um ponto de contato, que é mínimo, mínimo!, mas no contexto representa todo o interstício entre esses fatos da vida, todas as possibilidades em estado bruto".
(Momento semiológico, comentando a segunda melhor cena do lindíssimo filme "Lost in Translation").

"Cachorro está fora de questão. Dá muito trabalho e eu ainda não disponho de elegância suficiente para arcar com os serviços de um limpador de excrementos caninos. Não me agrada nem um pouco a idéia de morar em uma casa rodeada de bosta de cachorro. Já me basta a casa estar rodeada pelo Brasil e eu não poder fazer nada a respeito".
(Momento odeteológico, para não perder o hábito).

E hm, creio que esses foram meus momentos de sabedoria da última semana. É verón!

janeiro 24, 2004

Awwww

Há vinte anos os consumidores encontraram pela primeira vez uma máquina com interface gráfica, mouse, drive de 3 1/2 e o conceito de computador de mulherzinha. Parabéns, Mac. Agora morra em paz. Obrigado.

O glamour dos automóveis

Adeus, seu Helmut, e obrigado.

janeiro 21, 2004

E éramos todos miniús

ui, jarmusch na parede

A primeira semana do mês de maio de 2000 surpreende os integrantes do COL na mais pedestre das ressacas.

No sofá temos Guilherme Caon, Guilherme Pilla (cabeça baixa), eu e meu golfinho alcoolista, Marcelo Träsel e Daniel Galera. No meio-de-campo, Hermano Freitas. Em primeiro plano, Clara Averbuck e André Czarnobai. A foto é de Adriana Franciosi.

E sim, este blog está em ritmo lerdo. É o calor. Não dá, não dá. Olhem as figurinhas, certo? Querendo encarar a nostalgia com mais detalhes, basta clicar na foto.

[Grazie mille, beibe, por desencavar este mimo. Smoochies.]

janeiro 14, 2004

janeiro 09, 2004

Being Bruno Galera

mojo (2:51 AM) :
estou rindo do índice até agora

Cisco (2:52 AM) :
o que diz no índice?

mojo (2:52 AM) :
Apresentação
Biografia do autor
PRÓLOGO PARA FRANCESES

mojo (2:52 AM) :
PRÓLOGO PARA FRANCESES
sério, preciso escrever um livro com esse título

mojo (2:53 AM) :
PRÓLOGO PARA FRANCESES

mojo (3:02 AM) :
e hahshah AHAHAH
tem um EPÍLOGO PARA INGLESES

mojo (3:02 AM) :
que edição legal
que sujeito legal
obrigado, mundo

mojo (3:02 AM) :
tinha que ter um INTERFÁCIO PARA ALEMÃES

Cisco (3:03 AM) :
NOTA DE RODAPÉ PARA LATINO-AMERICANOS

mojo (3:03 AM) :
DIAGRAMAS PARA BRASILEIROS

Cisco (3:04 AM) :
ORELHA PARA ÁRABES

mojo (3:04 AM) :
hrhehah

mojo (3:04 AM) :
PREÇO PARA JUDEUS

Cisco (3:04 AM) :
ok, nada ganha dessa

mojo (3:04 AM) :
/me curtsies.

Cisco (3:05 AM) :
/me kidney-punches and steals the oneliner

Ahh: estereótipos, livros divertidos e amigos de ICQ. Boa combinação para chacoalhar a insônia desta primeira noite do verão impossível de Porto Alegre.

janeiro 05, 2004

Woe

Digitar frases como "no mundo real, Mordor venceu a Guerra do Anel" é um indicativo infalível de que a hora de dormir foi negligenciada.

Update: mas que venceu, venceu.

janeiro 04, 2004

Meu herói, nosso luminar


Sr. Gomez Addams
Homem exemplar,
marido e pai ideal,
cavalheiro extraordinário.
Sic gorgiamus allos subjectatos nunc.

 






Ever tried. Ever failed. No matter. Try again. Fail again. Fail better.
Samuel Beckett (1906-1989)